segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Lula é favorito para 2018 conforme pesquisa DataPoder360

Pesquisa do DataPoder360, divulgada nesta sexta-feira, 15, confirma que o ex-presidente Lula seria eleito no primeiro turno, independente dos concorrentes; Lula tem exatos 29,9% e Jair Bolsonaro (PSC), 21,7%; no 2º turno, Lula venceria Geraldo Alckmin (PSDB) e Bolsonaro (PSC) pelo mesmo percentual de votos; tucano perderia para Lula por 41% a 28%; já o capitão do Exército na reserva seria derrotado pelo petista por 41% a 30%; Alkckmin também aparece como o candidato com maior rejeição, com 62% declarando que não votariam no representante do PSDB “de jeito nenhum

Pesquisa do Data Poder 360, divulgada nesta sexta-feira, 15, confirma que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seria eleito no primeiro turno, independente dos concorrentes. 

Chama a atenção o desempenho quase idêntico no 2º turno de Geraldo Alckmin (PSDB) e Jair Bolsonaro (PSC). O tucano perderia para Lula por 41% a 28%. Já o capitão do Exército na reserva seria derrotado pelo petista por 41% a 30%.

Na realidade, Lula tem exatos 29,9%. Bolsonaro, 21,7%. Ao levar em conta a margem de erro, o petista pode variar 27,3% a 32,5%. Já o pré-candidato militar da reserva teria de 19,1% a 24,3%.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), aparece estável (com 7% a 8%) desde outubro, quando assumiu de maneira mais assertiva sua pré-candidatura ao Planalto.

Chama a atenção a possível postulante da Rede Sustentabilidade, Marina Silva. De maneira silenciosa, atingiu 10% das intenções de voto. Ciro Gomes (PDT) tem 6%. Os 3 nomes estão tecnicamente empatados na margem de erro.

A maior rejeição combinada com o menor percentual de voto cristalizado é de Alckmin. Só 8% dizem que votariam “com certeza” no tucano. E 62% declaram que não votariam no representante do PSDB “de jeito nenhum”.

Lula tem 29% de eleitores que dizem que poderiam votar nele com certeza e uma rejeição de 46%. Bolsonaro, 21% de intenção de voto real e 50% de rejeição.

O DataPoder360 entrevistou 2.210 pessoas em 177 cidades, entre os dias 8 e 11 de dezembro. A margem de erro é de 2,6 pontos percentuais, para mais ou para menos



FONTE: BRASIL247

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Sítio Novo comemora hoje 56 anos de fundação

imagens: acervo: sítio novo para todos
A cidade de Sítio Novo está completando hoje 56 anos de fundação. A origem de Sítio Novo é bem recente. O povoamento de Sítio Novo começou em 1935, quando aqui se instalaram as famílias Nascimento, Batista e Oliveira, dedicando-se eles ao cultivo da cana-de-açúcar. 

Logo surgiram engenhos, cuja produção – rapadura e aguardente – era exportada principalmente para os mercados de Imperatriz e Grajaú.

Pela Lei Nº 269, de 31 de dezembro de 1948, o povoado fundado pelos pioneiros foi elevado à categoria de vila, com denominação de Sítio Novo de Grajaú.  Treze anos depois, por força da Lei Nº 2.166, de 15 de dezembro de 1961, passou à condição de cidade e sede de município.

Fonte: IBGE

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Ex-estudante de Sítio Novo, Aline Marinho descobre atividade antimicrobiana capaz de combater a bactéria Klebsiella pneumoniae

A sitionovense, Aline Medeiros Marinho Dias, juntamente com sua equipe de estudos laboratorial na Faculdade Unidas de  Campinas - Curso de Farmácia, descobriram em uma planta medicinal, conhecida em Sítio Novo com o nome popular "vereda" o antibiótico capaz de combater bactérias causadoras de infecções sistemática; O estudo servirá como sua tese de defesa do Trabalho de Conclusão de Curso -TCC e será publicado em revista do meio científico.
Aline Medeiros Marinho Dias
A ex-estudante de Sítio Novo, Aline Marinho, que atualmente faz o curso de farmácia na Faculdade Unidas de Campinas em Goiás, descobriu em análise laboratorial o antibiótico capaz de combater a bactéria Klebsiella pneumoniea e candida parapsilosis.

A descoberta se deu, após sua sugestão ao grupo de levar ao laboratório a análise da planta  Lamiaceae, cujo nome popular em Sítio Novo  é conhecida como "vereda" usados pelas pessoas mais idosas como antibiótico para combater dor de barriga.

De acordo com as analises feita em laboratórios, a planta possui substâncias altamente aromáticas  com propriedades suficientes para combater bactérias causadora de infecções sistêmicas em pacientes oncológicos que estão imunodeprimidos ou que estão em fase de tratamento na unidade de cuidados intensivos e também em recém nascidos.

O estudo será publicado em revista científica e é uma das grandes descoberta da atualidade, já que a bactéria Klebsiella pneumonea e candida parapsilosis tem grande resistência a farmaco 

Para Sítio Novo, mais uma grande conquista na área de medicina. O blog parabeniza a estudante pela conquista e seu esforço!

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Vereadores de Sítio Novo garante 60% dos precatórios do FUNDEF aos professores durante audiência pública promovida pelo SINSERPSINO


A primeira audiência pública promovida pelo Sindicato dos Servidores (SINSERPSINO), referente as precatórias do FUNDEF realizada nesta quarta-feira (13), na Câmara de Vereadores, foi um grande sucesso, após os vereadores de Sítio Novo garantir em seus pronunciamentos 60% dos precatórios do FUNDEF aos professores. Antes da audiência, professores  fizeram uma caminhada pela cidade.

A Câmara de Vereadores ficou lotada de servidores e contou com a presença de 10 vereadores dos 11 que compõem a casa legislativa, tornando um marco histórico. 

Marcaram presença os vereadores, Ruimar Raposo (PRB), Menervaldo (PC do B), Ivonildo (PSC), Valéria Noleto (PRP), Levi Marinho (PDT), Salomão Macedo (PTB), Evandro Viana (PR), Ribamar Miranda (REDE), Max Barbosa (PSDB), Teodoro (PSB). Ausente apenas Edmilson Vargas (PRB), que foi justificado pelo vereador Ribamar, por está a 110 km da sede, mas deixou garantido sua posição a favor dos professores.

Além de vereadores, a audiência pública contou com a Presença do Presidente da Força Sindical no Maranhão, Frazão Oliveira, da representante da FETESPUSULMA, Professora Raimunda Santos, da Presidente do Sindicato dos Professores de Montes Altos (SINTEEMA), Professora Maria dos Anjos e do Advogado Dr. Francisco Diniz (Chico do Correio) que explicou de maneira didática o andamento do processo de precatório do FUNDEF de Sítio Novo.

O Presidente do SINSERPSINO, Professor Abel, elogiou a presença dos servidores públicos na audiência e em especial a todos os vereadores e destacou "estes vereadores que aqui estão, tem compromisso com vocês professores por está aqui presente" enfatizou

O Presidente da Força Sindical no Maranhão, Frazão Oliveira, fez um histórico da composição sindical e da  importância da Casa Legislativa para instruir normas que garanta 60% dos precatórios aos professores, prevista na Lei do FUNDEF e 40% para investir na educação. Disse que é na Câmara de Vereadores que se fazem as leis para serem cumpridas e atender as demandas da sociedade.

A representante da FETESPUSULMA, Raimunda Santos, destacou a importância da participação dos servidores nos movimentos, ao participarem de caminhadas e ao dialogarem com seus vereadores para garantir o direito que se pleiteia.

O Advogado Dr. Francisco Diniz, explicou que a audiência pública tem a finalidade de tirar dúvidas e direcionar os caminhos que devem ser adotado para garantir o direito, e parabenizou o Presidente do SINSERPSINO, Professor Abel, por iniciar o debate com quem faz as leis, a casa legislativa.

Durante sua fala, ele explicou o andamento da ação que cobra o precatório do FUNDEF de Sítio Novo. 

Segundo ele, o município ingressou ação no final de 2016, aproveitando uma cobrança do Ministério Público de São Paulo, que teve uma decisão em 2015 favoráveis aos municípios, porém, o processo do município encontra-se paralisado devido uma liminar da Justiça Federal em Brasília, que suspendeu todas as ações contra a União a pedido do governo federal.

Ele afirmou que esta decisão poderá ser derrubada no STF e o processo no município dar continuidade. Para ele, não resta dúvida que o recurso vai chegar ao município e por isso, a necessidade dos vereadores conhecer a temática para garantir na Lei Orçamentaria Anual os dispositivo que garanta os 60% dos professores e os 40% para investir na educação que poderá inclusive garantir remuneração a outros servidores da educação obedecendo os parâmetros legais.

Após as explanações, os 10 vereadores presentes fizeram uso da palavra e garantiram que irão cumprir o que determina a Lei do FUNDEF, o que levaram a platéia aos aplausos. Veja as imagens!













terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Professor Abel fala dos precatórios do FUNDEF a TV e Rádio Porto Franco News

O Presidente do Sindicato dos Servidores (SINSERPSINO), Professor Abel, fala em entrevista a TV e Rádio Porto Franco News sobre o que é o precatório do FUNDEF durante participação de votação na Câmara de Vereadores em Lajeado Novo-MA; Vários sindicalistas marcaram presença, dentre eles Eurami Reis e Marinalva que deram depoimento a favor dos professores, além de vários vereadores da região; Veja a matéria na íntegra!

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Frazão Oliveira confirma presença em audiência pública em Sítio Novo das diferenças do FUNDEF

O Maior sindicalista do Maranhão da atualidade, que representa a Força Sindical no Maranhão, Frazão Oliveira confirmou agora a noite a sua participação na 1ª Audiência Pública dos precatórios do FUNDEF de Sítio Novo (Diferença do FUNDEF a menor); Frazão Oliveira participará da caminhada pelas principais ruas de Sítio Novo em defesa dos 60% dos precatórios do FUNDEF a ser destinado aos professores, como determina a Lei; A caminhada será iniciada as 8:30 horas da manhã do dia 13.12.2017 em frente a Escola Deputado La Roque, percorrendo a AV. Presidente José Sarney, Antonio Bandeira e Ministro Jonas até chegar a Câmara de Vereadores as 9:00 horas, onde será aberta a audiência pública para instruir normas que garanta o direito dos professores e o investimento na educação. Agora é aguardar e conferir!





Sítio Novo recebe mais de um milhão de reais de crédito do FPM nos dez primeiros dias de dezembro

Apesar da crise financeira que assola o país, com a política golpista de Michel Temer, os dez primeiros dias de dezembro em Sítio Novo injetaram R$ 1.101.804,77 de crédito do FPM - (Fundo de Participação dos Municípios); A principal bolada vem dos impostos de renda pagos pelos contribuintes; A notícia anima os cidadãos de Sítio Novo, que aguardam a animação de natal, em especial aos servidores públicos que aguardam o 13º salários; Veja o crédito direto do Banco do Brasil!


quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

SINSERPSINO realizará audiência pública para garantir 60% dos precatórios do FUNDEF aos professores


O Sindicato dos Servidores e Servidoras do Serviço Público Municipal de Sítio Novo-MA (SINSERPSINO), realizará na quarta-feira (13), as 9:00 horas da manhã, na Câmara de Vereadores, audiência pública com diversas autoridades para instruir matéria referente as precatórias do FUNDEF, que para Sítio Novo a previsão é de R$ 32.000.000,00 (Trinta e dois milhões).

O FUNDEF – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério foi implantado em 1998 e vigorou até 2006. 

Conforme a Lei do FUNDEF, 60% no mínimo eram destinado exclusivamente aos pagamentos de proventos dos professores, e por erro de cálculo, o governo federal deixou de repassar os valores devidos aos municípios, acumulando ao longo do período, um grande prejuízo nos vencimentos dos professores que trabalharam e prestaram serviço e que seus planos de cargos e salários da época não eram cumpridos por falta do referido recurso. 

De acordo com o Presidente do SINSERPSINO, Professor Abel, a ideia é conscientizar, professores, comunidade local e em especial aos vereadores e o Prefeito para se criar uma Lei Municipal garantindo que 60% dos precatórios do  FUNDEF seja destinado exclusivamente aos professores que trabalharam no período em que o FUNDEF era vigente, cumprindo o que determina a própria  Lei.

Ele afirma que um grande acordo entre o Sindicato dos Servidores (SINSERPSINO) e a Prefeitura de Sítio Novo seria o melhor negócio, uma vez que contemplaria a gestão e aos professores, evitando uma batalha judicial que poderá bloquear todo o recurso por tempo indeterminado.

Professor Abel afirma que já convidou todos os 11 vereadores em sessão na Câmara desta segunda-feira (04), que se prontificaram a está presente na audiência para discernir dúvidas  sobre a proposta do sindicato. 

Ofícios ao Prefeito de Sítio Novo e a Secretária de Educação, já estão sendo providenciados e vários sindicatos da região marcarão presença, juntamente com o Presidente da Força Sindical do Maranhão, Frazão Oliveira. Agora é aguardar e conferir!

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Vereadores de Lajeado Novo entra para história ao garantir 60% dos Precatórios do FUNDEF aos professores


Em sessão itinerante inédita realizada nesta segunda-feira (04), as 15:00 horas, na Escola Estadual CE Prof. Carlos Alberto Monteiro de Macedo, vereadores de Lajeado Novo-MA entraram para história ao votarem a aprovação do orçamento 2018 que garante 60% dos precatórios do FUNDEF exclusivamente aos professores.

O precatório do FUNDEF do município de Lajeado Novo é um recurso decorrente de uma ação judicial do município contra a União Federal, tendo em vista que nos anos de 2004, 2005 e 2006 a União não fez corretamente os repasses para os Municípios relativos ao FUNDEF.  Não só em Lajeado Novo, mas diversos municípios no Brasil ingressaram com ações contra a União para cobrar os valores não repassados.

A decisão de Lajeado Novo atinge em cheio os demais municípios da região, que deverão adotar as mesma medidas para garantir o cumprimento da Lei do FUNDEF, em que 60% é destinado exclusivamente aos professores.

Lajeado Novo tem apenas o bloqueio de 04 anos, 2004 a 2006, que representa R$ 7.200.000,000 (sete milhões e duzentos mil) devendo cobrar o restante entre 1998 a 2004, já que a decisão movida pelo Ministério Público de São Paulo assegura aos municípios a cobrança dos prejuízos do período de 1998 a 2006. 

De acordo com a Presidente do Sindicato  dos Professores de Lajeado Novo (SINTEESPLAN), Professora Carla Cristina, os professores tiveram prejuízos em seus proventos, com perda que chegam entre R$ 100 a R$ 500,00 por mês, ao longo do tempo, e que a decisão irá ressarcir os professores que trabalharam no período, com pagamentos em forma de abono, como determina a Lei do FUNDEF. Ela informou que o escritório de Dr. Manoel Joaquim, pioneiro nas ações do FUNDEF no Maranhão e Piauí já estão realizando os cálculos dos valores dos professores.

A sessão foi marcada com a presença de vários sindicalistas da região, dentre eles, a Presidente da FETESPUSULMA, Professora Eurami, o Presidente do Sindicato dos Servidores de Sítio Novo (SINSERPSINO) Professor Abel, a Presidente do Sindicato dos Servidores de São João do Paraíso, Marinalva e vereadores de diversos municípios, que antes da sessão fizeram uma caminhada pela cidade.

Outra grande participação foi dos comerciantes de Lajeado Novo que compareceram em peso, para dá apoios aos professores e garantir que o dinheiro fique no município fortalecendo o comercio local. Estudantes e professores foram os destaques, com apoios de cartazes e aplausos aos vereadores a favor dos professores.

Na votação da medida, seis vereadores votaram a favor dos professores, são eles: A presidente da Câmara Municipal, Ana Paula de Andrade, os vereadores Rone da Costa, Luana Kelly, Daniel Santos e Adailton dos Santos. Os ausentes somaram, Idnaldo da Silva, Luiz Oliveira de Carvalho e Nessivaldo Ribeiro. 

Vejam as principais imagens do momento histórico e os vereadores a favor dos professores!














VEREADOR ADAILTON DOS SANTOS

VEREADORA ANA PAULA

VEREADORA LUANA KELLY

VEREADOR RONES DA COSTA

VEREADOR EDIMAR PEREIRA

VEREADOR DANIEL SANTOS





segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Vereadores de Lajeado Novo garante 60% do precatório do FUNDEF aos professores

Em sessão itinerante inédita, realizada hoje, as 15 horas, vereadores de Lajeado Novo-MA aprovaram a Lei Orçamentária Anual com emenda garantindo 60% dos precatórios do FUNDEF aos professores; A Câmara de Vereadores de Lajeado Novo é composta de 09 vereadores, 06 compareceram e votaram a favor dos professores. A matéria completa, logo mais neste blog. Veja a principal imagens do dia com participação de professores, alunos e sociedade em geral que lotaram o local a favor dos professores.